Coletivo Improvisado

| Coletivo Improvisado | pioneiro grupo de performance e pesquisa em Improvisação Contemporânea da Unicamp, formado em 2013 para projetos específicos.

| Coordenado | por Manuel Falleiros, Doutor em Processos Criativos pela Eca/USP, pesquisador carreira PQ-UNICAMP.

| Livre Improvisação | é a busca pelo novo a cada momento intensificando o presente. A Livre Improvisação não precisa se restringir às adequações de estilo como nas improvisações idiomáticas. A improvisação coletiva se desenvolve através de uma construção interativa, como uma conversa, ou um jogo com sons.

 


Aus den Sieben Tagen (K. Stockhausen) – INTEGRAL

O ano de 2017 completam-se 10 anos da morte do compositor alemão Karlheinz Stockhausen, conhecido pelas suas obras inovadoras e polêmicas. Este concerto celebrará os 50 anos da icônica obra `Aus Den Sieben Tagen` (Dos Sete Dias) que inaugura o conceito de música intuitiva, cunhado pelo compositor e ainda pouco difundido. Os 15 poemas que compões a obra, escritos sob evidente influência da filosofia oriental, exploram uma particular interpretação sobre a improvisação livre. Buscando se desvencilhar das estéticas musicais do acaso e da aleatoriedade e encontrar possibilidades que não remetessem ao free jazz, Stockhausen funda seu conceito de música intuitiva sob a premissa de uma música que flui sem os obstáculos dos idiomas e gêneros musicais rumo à sonoridades ainda desconhecidas.

Integrantes: Arthur Faraco (contrabaixo acústico), Carlos do Santos (percussão), Edu Hebling (baixo), Fred Tavares (sax), Helder Pinheiro (violão),  Ivan Barasnevicius (guitarra), Lula Fidalgo (violão), Miguel Clemente (sax), Mário Marques (clarone), Rafael Santana (Trompete) e Prof. Dr. Manuel Falleiros (coordenação geral, sopros), Cássio Moreira (tradução, percussões), Paulo Souza (técnica).

35386889_961977527309709_6909716967460962304_o
35517467_10216830439499238_5219037816201150464_o
Captura de Tela 2018-06-24 às 22.44.13
Captura de Tela 2018-06-24 às 22.45.02
Captura de Tela 2018-06-24 às 22.50.19
Captura de Tela 2018-06-24 às 22.51.48
Captura de Tela 2018-06-24 às 22.43.55
Captura de Tela 2018-06-24 às 22.56.16
Final-AusdenSieben

Realizada de forma integral pelo grupo em 22/06/2018 no cinema da Casa do Lago – Unicamp

 


Propostas (2017)

Propostas realizadas pelos próprios membros do grupo, cultivando as sementes das vanguardas 1968: partituras gráficas, textuais, propostas.

Baixe as partituras das propostas aqui (em breve)

 


AS FAMAS (2017)

FAMA (phêmê), figura mitológica alada. Aquela incumbida de divulgar todas as notícias, dos deuses ou dos homens. Empunhando uma trombeta, não permite murmúrios, escuta o mundo em seu palácio ressonante de bronze, vê com seus tantos olhos quanto bocas para proclamar. Suas asas permitem estar em qualquer lugar para averiguar os acontecimentos. Nada ficará oculto sob seu domínio. Concepção e performance: Manuel Falleiros, Daiane Correa, Ana Clara Ferraz.

 


O Tratado Completo: A música de Cornelius Cardew (2016)

A obra do do compositor britânico Cornelius Cardew (1936-1981) reúne uma diversidade de figuras geométricas, números, linhas e alguns símbolos musicais escrita entre 1963 e 1967. O compositor nunca deixou instruções específicas para a obra, mas sugeriu que cada intérprete ou grupo construísse sua própria interpretação, buscando explorar os limites da notação musical e da própria música.

Participantes: Alberto Ferreira (piano), Nando Penteado, (violão extendido), Carlos Roberto (vibrafone), Cássio Moreira (percussão), Diego Assis (violão), Paulo Flores (flauta e escaleta), Marcelo Pereira (saxofone barítono), Ronalde Monezzi (saxofone tenor) e Manuel Falleiros (direção e saxofone), Carolina Carvalho (Produção), Fabiana Benini (bibliotecária CIDDIC), Maria do Rosário Zullo – tratamento gráfico, Vinicius Cintra – digitalização, José Santana – Partitura Gráfica, Caio Polesi (Peripécia Filmes) animação em vídeo.

 


Moriana (2015)

Partindo da ideia contida no texto homônimo de Italo Calvino (do livro “As cidades Invisíveis”) – de descrever uma cidade que abrigue as formas da subjetividade – os integrantes do coletivo compuseram uma própria cidade, uma própria Moriana, pela aglutinação e tratamento de fragmentos de vídeos que cada integrante achara significativo. A Improvisação segue com o vídeo, mas não com a ideia de trilha sonora, mas de interação com as imagens e com os outros sons. São sons e imagens interagindo não em função simples de pergunta-resposta ou de símbolos sonoros sonoplásticos figurativos, mas antes com a ideia de construção e descontrução, frente-e-verso, ruína e obra, tragicamente presentes no texto de Calvino.

Programa completo aqui.


Coletivo Improvisado (2013-2014)

Atividades do grupo nos anos de 2013-2014:

Oficina com Franziska Schroeder (SARC- Belfast University)

10/07/14 – Unicamp

Ensaios

Sombras:

Burdoks (C. Wolff)

18/03/14  Circuito de improvisação livre – Trackers

Captura de Tela 2018-06-24 às 22.17.15
027
055
040
020
014
012
030
010
028
20140513_192035
20140513_191940
20140513_192000
foto2 (Copy)
foto1 (Copy)
DSCN2852
DSCN2851
DSCN2850
007
DSCN2845
DSCN2805
DSCN2802
DSCN2779
DSCN2773
DSCN2768
DSCN2764
DSCN2766


Projeto ESTRATÉGIAS (2012)

Este projeto foi desenvolvido em 2012 na Escola Livre de Música da Unicamp e faz parte das atividades de pesquisa desenvolvidas na ELM-Ciddic.

Os experimentos são baseados na tese de doutorado“Palavras Sem Discurso: Estratégias Criativas Na Livre Improvisação” do prof. Dr. Manuel Falleiros, que coordena o projeto. O objetivo é demonstrar como a formação deste laboratório-ateliê proporciona desenvolvimento cognitivo que promove melhorias nas atividades do músico instrumentista e estudante.

———————————-

Sites de referência:

http://www.freeformfreejazz.com/

http://www.theimprovisor.com/

http://www.intuitivemusic.dk/intuitive/index.htm

http://www.efi.group.shef.ac.uk/

http://www.criticalimprov.com/

http://www.improvisedmusic.org/

http://www.improvisolivre.com.br/

http://vagnerpittamagazine.blogspot.com.br/

http://www.freejazzblog.org/


 

Apoio institucional: