Termômetro Improvisação

Eu habito o tempo irreversível da ação. Tente influenciar uma realidade fluida.

Durante a pandemia Covid-19 a incerteza pairava ao lado do vírus que nos esforçávamos em não aspirar.
Nos foi oferecida a experiência de uma realidade fluida, impermanente e constantemente em negociação.
Vivemos em reclusão o tempos das telas e da suspensão brutal.

Termômetro-improvisação surge para tentar satisfazer as vontades de interação criativa por via da pobreza telemática que fraciona, reduz, minimiza e entorpece as relações tendendo ao controle das ações de um outro.

Neste experimento o improvisador que transmite ao vivo seu som e imagem pela internet, reage de acordo com os “votos” de uma platéia. 

Através de uma barra de opinião, a platéia pode avaliar as ações improvisadas do músico. “Hot, indica que os ânimos estão exaltados, a improvisação está entusiasmando a platéia; enquanto “Cold”, indica a triste normalidade que não impulsiona nenhuma emoção. O improvisador recebe a média ponderada dos votos de todos os participantes e decide como vai reagir em seguida.

Desenvolvido em parceria com Nando Penteado.